8.8.17

Justiça investiga "o incrível encolhimento de assentos" na aviação nos EUA

Agência federal de aviação do país havia se recusado a legislar a respeito do tema  

Uma Corte norte-americana decidiu que a agência federal de aviação dos Estados Unidos deve regulamentar o tamanho da distância entre assentos nos aviões como uma questão de segurança nacional. A discussão foi apelidada de “o caso do incrível encolhimento de assentos” pelos juízes envolvidos, de acordo com o Guardian.

O grupo de direitos do consumidor Flyers Rights (direitos dos passageiros aéreos) abriu a solicitação frente à Administração Federal de Aviação (FAA, na sigla em inglês), que a priori recusou legislar sobre esse tema.

Para os juízes, porém, a decisão da FAA de classificar o espaço como mérito de conforto, e não segurança, foi tomada com base em dados datados ou irrelevantes. Se quiser manter essa decisão, a agência deverá apresentar dados mais embasados.

Segundo o grupo de consumidores, a diminuição do espaço entre assentos aumenta risco de coágulos nas veias e acaba criando lentidão no momento do desembarque – o que pode ser prejudicial em evacuações de emergência.

A Spirit Airlines, uma low cost com operações nos EUA, tem espaço entre assentos de cerca de 71 cm. Notícias recentes mostravam que a American Airlines tinha planos de encomendar jatos Boeing 737 onde esse espaçamento seria equivalente a 74 cm – decisão da qual a aérea teria voltado atrás para oferecer um espaço de 76 cm, ainda menos que o padrão atual.

Fonte: http://www.infomoney.com.br/minhas-financas/turismo/noticia/6844981/justica-investiga-incrivel-encolhimento-assentos-aviacao-nos-eua

Nenhum comentário: